DWN: Israel aconselha Alemanha a cooperar com a Rússia

Nos siga noTelegram
Israel não está muito feliz com o envolvimento da Rússia no Oriente Médio, mas os benefícios da situação superam as desvantagens para Tel Aviv, segundo escreve o jornal Deutsche Wirtschafts Nachrichten (DWN).

Em entrevista ao diário alemão, Yakov Kedmi, um ex-oficial dos serviços secretos israelenses, disse que a coordenação entre Rússia e Israel tem funcionado bem, apesar do fato de "a presença do sistema integrado de defesa aérea da Rússia na Síria ser inconveniente para Israel".

"Israel perdeu seu controle exclusivo sobre o espaço aéreo no Líbano e na Síria, mas a Rússia deixou claro que o sistema de defesa aérea está inteiramente sob seu controle e não sob o da Síria", ressaltou Kedmi.

A picture taken on January 18, 2016 shows vehicles driving on a street in front of the Azadi Tower in the capital Tehran - Sputnik Brasil
Chanceler: Irã espera que Rússia aumente investimentos no país
Na verdade, a presença da Rússia na Síria diminui a influência do Irã na região, o que agrada as autoridades israelenses. Teerã, segundo o ex-oficial israelense, estava planejando apoiar as milícias sírias, parte das quais são xiitas. A Rússia, pelo contrário, trabalharia para fortalecer o exército sírio, que procura preservar o secularismo do país.

De acordo com o DWN, observadores israelenses curiosamente recomendam à Alemanha cooperar com a Rússia, porque, segundo suas avaliações, Moscou não tem a intenção de derrubar governos em outros países, ao contrário dos EUA.

Para muitos analistas, o futuro da Alemanha depende de sua cooperação com a Rússia, mas até agora Berlim tem adotado a postura oposta e seguido as prescrições dos EUA.

"A época soviética já acabou. [O presidente russo, Vladimir] Putin estabeleceu uma nova Rússia, mantendo relações corretas e amigáveis com Israel", concluiu Kedmi.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала