Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Será que o espaço é demais para o Japão?

Nos siga no
É bem sabido que a participação na exploração do espaço tem grande importância. Mesmo assim, para tomar decisão de continuar participando ou não é preciso avaliar todos os possíveis riscos e examinar o futuro da Estação Espacial Internacional (EEI).

É exatamente o que o site What They Say About USA tentou fazer num dos seus artigos recentes, tomando como exemplo a cooperação espacial entre o Japão e os EUA.

Todas as operações previstas para a EEI devem chegar ao fim no ano 2020, mas o governo japonês decidiu aceitar a proposta dos Estados Unidos e estender o prazo da sua participação até 2024. A participação do Japão continuará sendo realizada através do módulo experimental japonês Kibo, que gera a oportunidade para os países asiáticos e emergentes para realizar diversas experiências científicas.

​A decisão pode parecer bastante lógica, tendo em conta a experiência acumulada, as tecnologias espaciais e as relações entre os dois países, mas o Japão já foi muitas vezes criticado pela baixa eficácia e custo elevado do programa espacial, avaliado por 40 bilhões de ienes anualmente, totalizando em 900 bilhões de ienes (mais de 7,5 bilhões de dólares).

Lançamento da nave espacial Soyuz TMA-19M do Centro Espacial de Baikonur - Sputnik Brasil
Roscosmos se prepara para lançar primeira nave tripulada Soyuz MS a partir de Baikonur
Cabe mencionar que 15 países participam do programa do EEI, inclusive vários países europeus. Os Estados Unidos propuseram estender o programa ainda em 2014, e a Rússia e o Canadá já aceitaram a proposta.

Mesmo assim, o jornal japonês Mainichi, citado pelo site, fez várias perguntas sobre a ação do Japão na EEI. Qual é a razão principal para a exploração do espaço? Que papel o Japão desempenha nesta cooperação internacional?

De acordo com o Mainichi, o governo japonês deve realizar discussões abertas sobre os assuntos acima mencionados, além de uma discussão geral sobre o seu programa espacial, para ganhar apoio popular.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала