Ataque a universidade no Paquistão deixa 21 mortos e 50 feridos

© AFP 2022 / A Majeed This photograph taken from a mobile phone shows Pakistani security personnel taking position outside the Bacha Khan university following an attack by gunmen in Charsadda, about 50 kilometres from Peshawar, on January 20, 2016
This photograph taken from a mobile phone shows Pakistani security personnel taking position outside the Bacha Khan university following an attack by gunmen in Charsadda, about 50 kilometres from Peshawar, on January 20, 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pelo menos 25 pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas em resultado de um ataque na Universidade Bacha Khan, na cidade paquistanesa de Charsadda, disse a polícia, acrescentando que as forças de segurança do país já terminaram a operação contra os homens armados.

Militantes do Talibã no Afeganistão, 13 de outubro de 2015 - Sputnik Brasil
Talibã pode ser reconhecido como legítimo
Pelo menos 50 pessoas ficaram feridas em resultado do tiroteio na universidade do norte do Paquistão, a polícia eliminou dois dos quatro atacantes, informou a mídia local na quarta-feira (20).

Segundo o jornal indiano Indian Express, alguns dos feridos estão em estado grave. O jornal Daily Pakistan informou que também foram mortos pelo menos quatro guardas da universidade e um policial.

A ala paquistanesa do Talibã tomou a responsabilidade pelo ataque de quarta-feira, comunicou a mídia local.

Forças de segurança do Afeganistão ocupam posições durante o combate na cidade de Kunduz, norte do Afeganistão, 29 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
Presença russa nas negociações sobre Afeganistão é uma necessidade
Um grupo de homens armados entrou na universidade e, logo depois, testemunhas podiam ouvir duas explosões dentro do edifício. O grupo de resposta rápida do Exército paquistanês e a polícia trocaram fogo com os atacantes.

Naquele momento na universidade estavam 3 mil estudantes e 600 visitantes de um concurso de poesia.

O primeiro-ministro paquistanês, Nawaz Sharif, que se encontra no Fórum Económico Mundial em Davos, condenou os ataques e prometeu eliminar o terrorismo o mais rápido possível.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала