ONU confirma informação sobre execução de civis sírios pelo Daesh em Deir ez-Zor

© REUTERS / Social media via Reuters TVMomento antes de uma execução pelo Estado Islâmico (foto de arquivo)
Momento antes de uma execução pelo Estado Islâmico (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A ONU confirmou nesta terça-feira (19) a informação sobre uma execução coletiva de civis sírios por combatentes do grupo terroristas Daesh (Estado Islâmico) na província síria de Deir ez-Zor. A notícia foi prestada pelo vice-porta-voz oficial do secretário geral da Nações Unidas, Farhan Haq.

Habitantes da província informaram no sábado (16), que em Deir ez-Zor, para onde a Rússia havia acabado de enviar lotes de ajuda humanitária, terroristas do Daesh mataram um total de 280 pessoas.

De acordo com um representante do Comitê Internacional da Cruz Vermelha em Damasco, a região onde ocorreram os crimes foi bloqueada pelo Daesh, limitando o acesso de organizações humanitárias ao local.

"Nós recebemos informações verídicas sobre execuções, raptos e prisões, mas nós não temos acesso direto a Deir ez-Zor. Portanto, no momento, não dispomos de números concretos" – disse Haq em coletiva de imprensa.

Segundo um relatório divulgado em junho do ano passado pela agência das Nações Unidas, a guerra civil na Síria já matou, desde março de 2011, quando começou o conflito, mais de 230 mil pessoas, e fez com que mais de 11 milhões deixassem o país árabe. O país tinha 23 milhões de habitantes antes do conflito.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала