MarketWatch: Rússia é capaz de salvar o mercado mundial de petróleo

© Sputnik / Viktor Filatov / Abrir o banco de imagensExtração de petróleo em Krasnodar, Rússia
Extração de petróleo em Krasnodar, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O portal MarketWatch, especializado em noticiário econômico, publicou um artigo apresentando um possível cenário em que a Rússia salvaria o mercado internacional de petróleo, que desde o ano passado enfrenta uma violenta desvalorização dos preços da commodity.

"Por enquanto, todos estão preocupados com o levantamento das sanções do Irã, mas é possível que um inesperado salvador dos preços de petróleo esteja esperando a sua hora chegar – é a Rússia" – escreve a jornalista britânica Sara Sjolin.

Trabalhador em refinaria de petróleo - Sputnik Brasil
A era do petróleo chegou ao fim, diz presidente do maior banco da Rússia
Ela conta que ao baixa a sua produção de petróleo, a Rússia poderia provocar uma reação em cadeia que alavancaria novamente os preços da commodity, fazendo com que outros países seguissem o seu exemplo. A possibilidade de tal cenário vem sendo avaliada por alguns especialistas, em particular, pelo analista Ole Hansen, do Saxo Bank.

"A Rússia está mandando uma mensagem ao sauditas: "amigos, quem sabe nós deveríamos pensar novamente nos preços de petróleo, já que desde dezembro eles desvalorizaram em mais um terço e isso está nos prejudicando imensamente" – explicou Hansen em entrevista ao MarkelWatch.

Manifestantes pisoteiam foto do rei da Arábia Saudita Salman bin Abdulaziz Al Saud, 4 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
OilPrice: preços de petróleo e erros políticos estão arruinando a Arábia Saudita
A publicação lembra que no decorrer dos últimos meses a Arábia Saudita vinha se recusando em baixar a sua produção de petróleo, mesmo quando o preço do barril havia despencado para abaixo dos 30 dólares. Tal decisão dos sauditas é em grande parte sustentada pelo aumento do produção de petróleo de xisto nos EUA e pela preocupação diante de uma possível diminuição da demanda no âmbito dos muitos problemas da economia mundial.

Nas palavras de Hansen, os sauditas e outros representantes da OPEP estarão prontos para baixar a produção em caso de um incentivo por parte de terceiros.

"Se a Rússia baixar sua produção, este será sem dúvida um primeiro dos muitos passos necessários para a estabilização dos mercados" – explicou Hansen.

Funcionário do setor petrolífero iraniano vai de bicicleta  perto da refinaria petrolífera no sul de Teerã, Irã - Sputnik Brasil
Como vai ficar o mercado de petróleo após levantamento das sanções contra o Irã?
Em 16 de janeiro os EUA e a União Europeia levantaram a grande maioria de suas sanções econômicas que anos atrás haviam sido aplicadas ao Irã por causa de seu programa nuclear. O fato pressupõe uma volta do país árabe ao mercado internacional de petróleo, provocando a preocupação generalizada de que o país possa aumentar ainda mais a oferta internacional, que já está muito grande, e uma desvalorização ainda maior dos preços do produto.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала