Terroristas matam mais de 50 pacificadores na Somália

Nos siga noTelegram
Militantes do grupo terrorista Al-Shabaab atacaram uma base militar com um contingente de pacificadores no sul da Somália.

Pelo menos 50 soldados de origem queniana foram mortos no resultado do ataque contra a base militar na Somália, segundo a agência de notícias Xinhua na sexta-feira (15).

Segundo a Reuters, o portão para a base militar foi abalroado por um caminhão conduzido por um terrorista suicida. Depois de bater a porta, os militantes entraram na base e começaram a lutar.

A base está localizada na cidade de El Adde perto da fronteira com o Quênia.

O Al-Shabaab visa derrubar o governo somali e impor uma versão rígida do Islã no país. O grupo assumiu a responsabilidade por vários ataques na Somália e nas cidades de fronteira do Quênia. A Somália tem mergulhado em um conflito desde 1991.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала