Lugansk acusa Kiev de atacar com lança-granadas

© REUTERS / Igor TkachenkoBombas não detonadas do exército ucraniano nos subúrbios de Donetsk
Bombas não detonadas do exército ucraniano nos subúrbios de Donetsk - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os militares ucranianos atacaram o território da autoproclamada República Popular de Lugansk com lançadores de granadas. A informação foi divulgada pelo porta-vozi do Estado Maior das forças de Lugansk.

Soldados ucranianos realizam reconhecimento na linha de contato em Donbass - Sputnik Brasil
Lugansk: Kiev está movendo armamentos de volta à linha de contato no Leste da Ucrânia
"Na última quarta-feira, os militares ucranianos atacaram a partir da proximidade da região de Lugansk nossas posições na área de Kalinovka com lançadores de granadas e armas automáticas", disse ele.

Em abril de 2014, Kiev lançou uma operação militar nas províncias de Donetsk e Lugansk para reprimir os focos de contestação ao governo que aplicou o golpe de Estado em fevereiro do mesmo ano. 

O conflito já causou mais de 9 mil mortes e 2.700 feridos, segundo os dados da ONU. 

O acordo de Minsk, assinado em 12 de fevereiro do ano passado, prevê, entre outros pontos, o cessar-fogo na região de Donbass, no leste ucraniano, a retirada das armas pesadas, a troca de prisioneiros e a reforma constitucional na Ucrânia antes do final do ano. No entanto, as partes em conflito constantemente relatam violações do acordo. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала