Daesh se responsabiliza pelos atentados na Indonésia

© AFP 2022 / ROMEO GACADPoliciais armados indonésios chegam para o local dum dos atentados em Jacarta, Indonésia, 14 de janeiro de 2016
Policiais armados indonésios chegam para o local dum dos atentados em Jacarta, Indonésia, 14 de janeiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Militantes do grupo terrorista Daesh se responsabilizaram pela série de atentados que teve lugar na capital da Indonésia, Jacarta, nesta quinta-feira (14).

“Os alvos dos ataques foram cidadãos estrangeiros e representantes dos órgãos policiais”, de acordo com a agência Reuters, citando declarações dos militantes.

Anteriormente o chefe da polícia de Jacarta tinha responsabilizado os militantes do Daesh pelos atentados afirmando também que o responsável pelos ataques é um militante do Daesh de origem indonésia chamado Bahrun Naim, que provavelmente já está na Síria.

Um policial indonésio no local de uma explosão em Jacarta em 14 de janeiro - Sputnik Brasil
Ataques na Indonésia são atentado, diz presidente
Segundo a polícia indonésia, a série de explosões no centro de Jacarta foi organizada pelo grupo de 10-15 militantes inclusive alguns homens-bomba. De acordo com testemunhas, depois de a explosão ter tido lugar aconteceu um tiroteio em resultado do qual pelo menos um policial foi morto. No total, segundo os dados das forças de segurança, o ataque deixou 7 mortos. Mais 7 ficaram feridos, informou o jornal Jakarta Globe.

Pouco depois dos atentados o presidente do país, Joko Widodo, qualificou as explosões como ataques terroristas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала