'Operação da Rússia na Síria não é tão cara quanto parece'

© flickr.com / U.S. Department of DefenseCaças das Forças Armadas dos EUA durante operação nos céus da Síria
Caças das Forças Armadas dos EUA durante operação nos céus da Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-ministro das Finanças da Rússia, Aleksei Kudrin, declarou que operação militar russa na Síria não sobrecarrega demasiadamente o orçamento do país.

The second of four Airborne Warning and Control System (AWACS) upgraded aircraft were delivered to the French Air Force on Wednesday, US aircraft manufacturer Boeing said in a statement - Sputnik Brasil
Mídia: 'radar voador' russo é identificado no céu da Síria
"A operação na Síria não é tão cara como pode parecer. Todas as atividades relacionadas com a Crimeia, assim como no leste da Ucrânia, onde houve apoio de ajuda humanitária, foram muito mais caras do que a situação na Síria. Eu não acho que a Síria vai durar por muitos anos. No médio prazo a Síria não representa uma oneração muito forte", disse Kudrin.

O ex-ministro acrescentou que a operação na Rússia pode, impor certa impressão sobre o clima de investimento, segurando os investidores. 

A campanha aérea da Rússia foi iniciada no dia 30 de setembro de 2015, quando mais de cinquenta aviões de guerra russos, incluindo aeronaves Su-24M, Su-25 e Su-34, iniciaram, a pedido do presidente sírio Bashar Assad, ataques aéreos de precisão contra alvos de terroristas na Síria, inclusive contra o grupo Daesh.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала