Pentágono: Rússia não deve considerar EUA como ameaça

© Sputnik / David B. GleasonPentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA
Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz do Pentágono, o general Jeff Davis, ao comentar a nova estratégia de segurança nacional da Rússia, afirmou a jornalistas que Moscou não deve considerar os EUA como ameaça.

“Eles não têm motivo para nos considerar como uma ameaça… Nós não queremos um conflito com a Rússia. Nós temos divergências, mas seria fundamentalmente incorreto classificar os Estados Unidos como uma ameaça à Rússia”, disse Davis. 

Fotos da semana - Sputnik Brasil
Chancelaria: fracasso dos EUA em isolar a Rússia torna-se óbvio em 2015
O porta-voz afirmou que conheceu a estratégia de segurança nacional russa por fontes, mas gostaria de avaliar o próprio texto antes de tirar outras conclusões. 

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, aprovou no último dia 31 de dezembro a estratégia de segurança nacional da Rússia atualizada. 

O documento reconhece que o fortalecimento da Rússia, sua política externa e interna independente, provoca uma reação e antagonismo por parte dos EUA e seus aliados, uma vez que eles tentam manter a sua posição dominante no mundo. Assim, eles prosseguem uma política de constrangimento da Rússia, através de pressão política, econômica, militar e informacional.

Já o general Joseph Dunford, chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, por sua vez, declarou que os próprios EUA continuam considerando a Rússia como uma ameaça. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала