Novo elemento químico é atribuído ao Japão

© flickr.comtabela periódica
tabela periódica - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma instituição de pesquisa japonesa é reconhecida como descobridora do 113º elemento da tabela periódica.

Os cientistas na instituição de pesquisa japonesa RIKEN foram reconhecidos como criadores do elemento 113 da tabela periódica, dando ao país o direito de o nomear, informa a agência japonesa Kyodo, citando na quinta-feira (31) o Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão.

A descoberta do elemento atômico 113, conhecido como unúntrio, foi confirmada em 2012 depois de ser detectada pela primeira vez em 2004-05. Desde então se conduz a luta pelo título do “descobridor” entre os cientistas japoneses e um grupo conjunto de cientistas russos e estadunidenses. No final a União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC) considerou as provas do grupo insuficientes.

O unúntrio deverá ser renomeado "Japonium" já que é o primeiro elemento descoberto independentemente pelo Japão.

Elementos acima do número atômico 92, urânio, não são encontrados na natureza e se criam sinteticamente.

© SputnikQuímica Verde para a Vida
Química Verde para a Vida - Sputnik Brasil
Química Verde para a Vida
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала