Putin assina lei regulamentando uso da força pelo FSB

© Sputnik / Igor Zarembo / Abrir o banco de imagensExercícios antiterroristas na cidade russa de Kaliningrado
Exercícios antiterroristas na cidade russa de Kaliningrado - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente russo, Vladimir Putin, assinou nesta quarta-feira (30) uma emenda à lei sobre o Serviço de Segurança Federal (FSB) especificando as regras para o uso de armas e força física por parte dos funcionários da agência, bem como proibindo-os de ter contas bancárias no exterior.

Militante do grupo terrorista Estado Islâmico - Sputnik Brasil
FSB alerta: Ásia Central, Irã e China estão na mira do Estado Islâmico
Uma das novidades da alteração fornece as bases, a ordem e as condições para o uso de força física, equipamentos especiais e armas pelos funcionários do FSB. A emenda descreve 11 casos em que se pode usar armas – em primeiro lugar, ao proteger a vida ou a saúde de indivíduos, e inclusive durante situações de reféns, atos terroristas, ou para responder a ataques armados contra instalações estatais ou municipais.

Fica proibido o uso de força letal contra mulheres, deficientes ou menores de idade, exceto quando um dos tipos supramencionados estiver diretamente envolvido em um ataque ou em uma resistência armada.

Os funcionários do FSB também ganharam o direito de tomar as impressões digitais e impressões de mãos de indivíduos nas fronteiras estatais se houver suspeita de que eles possam estar envolvidos em atividades terroristas.

Além disso, a emenda também proíbe os membros do FSB e seus familiares imediatos de terem contas bancárias estrangeiras.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала