Primeiro-ministro da Rússia assina decreto regulamentando sanções à Turquia

© Sputnik / Dmitry Astakhov / Abrir o banco de imagensPrimeiro-ministro russo Dmitry Medvedev
Primeiro-ministro russo Dmitry Medvedev - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Gabinete de Ministros russo divulgou que o primeiro-ministro Dmitry Medvedev assinou nesta quarta-feira (30) o decreto sobre a aplicação de medidas econômicas adicionais contra a Turquia a partir de 1º de janeiro.

“Ao assinar este decreto, [nós] aprovamos uma lista dos tipos de serviços que estão sendo prestados no território da Rússia por organizações sob a jurisdição da República da Turquia, bem como organizações controladas por cidadãos da República da Turquia e (ou) organizações sob a jurisdição da República da Turquia, que são proibidas a partir 1 de janeiro de 2016”, diz o comunicado do Gabinete de Ministros.

Soldado sírio analisa ruínas de uma aldeia cristã destruída pelo Daesh no nordeste da Síria - Sputnik Brasil
Militante do Daesh: ‘Fomos treinados na Turquia’
De acordo com o decreto, Moscou proibiu as agências turísticas, hotéis e empresas prestadoras de serviços turcas de operar na Rússia. A lista se estende também a trabalhos de construção, a atividades de arquitetura e a indústria da madeira serrada.

As relações de Moscou com Ancara se deterioraram depois que uma aeronave russa Su-24 foi sido abatida por um míssil disparado de um caça F-16 turco sobre a Síria em 24 de novembro. No mesmo mês, o presidente russo, Vladimir Putin, assinou um decreto sobre a introdução de medidas econômicas contra a Turquia, incluindo um embargo à importação de alimentos, bem como restrições em turismo, investimentos, voos charter e um número de projetos de construção.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала