China adota lei histórica para combater terrorismo

© AFP 2022 / Greg BakerVeículos militares transportam mísseis DF-31A na praça de Tianamen durante a parada militar em homenagem aos 70 anos da vitória na Segunda Guerra Mundial, Pequim, China, 3 de setembro de 2015.
Veículos militares transportam mísseis DF-31A na praça de Tianamen durante a parada militar em homenagem aos 70 anos da vitória na Segunda Guerra Mundial, Pequim, China, 3 de setembro de 2015. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China adotou uma lei antiterrorista, a primeira na sua história.

Bandeiras da Rússia e da China - Sputnik Brasil
China partilha da visão russa do combate ao terrorismo
A lei visa combater o terrorismo no país e contribuir para a consolidação da segurança global, comunica a agência Xinhua. 

Antes disso, na China não havia uma lei especial antiterrorista. A lei foi aprovada em terceira leitura que começou na segunda-feira (21) no órgão legislativo, Comissão Permanente Congresso Nacional do Povo.

Segundo os relatos, o projeto de lei inclui o reforço do intercâmbio das informações entre os órgãos governamentais, militares, polícia, para além do fortalecimento da segurança no ciberespaço, verificações de segurança dos transportes públicos, prevenção do financiamento do terrorismo e controle das fronteiras. A lei prevê ainda a criação do centro de reconhecimento sobre o terrorismo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала