ONU: novas diretrizes de proteção dos consumidores são aprovadas

© AFP 2022 / DON EMMERTSede da ONU, Nova Yorque
Sede da ONU, Nova Yorque - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério da Justiça informou que a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou, nesta terça-feira (22), as novas diretrizes para proteção dos consumidores. As primeiras foram editadas em 1985 e seu conteúdo foi base para a elaboração de normas em vários países e princípios para as relações de consumo no mundo.

O atual processo de atualização durou quase dois anos e contou com a participação do Brasil. As novas diretrizes trazem avanços. Será criado um grupo de autoridades de defesa do consumidor no âmbito das Nações Unidas que, além de discutir temas estratégicos para a melhoria das relações de consumo, atuará na implementação das novas diretrizes. Outros avanços, seriam a inclusão do tema da proteção de dados pessoais e a melhoria dos serviços públicos. Pela primeira vez, é reconhecido como diretriz o incentivo por parte dos governos às boas práticas de mercado.

Segundo o Ministério da Justiça, o Brasil participou ativamente no processo de atualização como coordenador, em conjunto com a Alemanha, de um dos grupos de trabalho sobre proteção de dados pessoais, energia elétrica, serviços públicos e turismo, informou Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала