Mídia norueguesa: 272 terroristas já estão na Europa, mais 150 estão a caminho

© AP Photo / Kerstin JoenssonRefugiados em Salzburgo, Áustria, 17 de setembro de 2015.
Refugiados em Salzburgo, Áustria, 17 de setembro de 2015. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo a informação da edição norueguesa Dagbladet, dois grupos de terroristas do Daesh foram treinados para efetuar atentados terroristas na Europa – um como homens-bombas, outro para ataques semelhantes àqueles realizados em Paris.

Presidente da Rússia Vladimir Putin e o Presidente da França François Hollande na entrevista coletiva no Kremlin - Sputnik Brasil
Hollande: destruição do Daesh é objetivo comum da França e Rússia
O primeiro grupo já chegou à Europa. O outro ainda está na Síria, após treinamento em um campo militar entre Sinjar e Mossul, no Iraque.  

O Dagbladet recebeu esta informação de uma fonte com conhecimento profundo da situação na Síria (esta fonte anteriormente divulgou informação que veio a ser provada). O serviço Policial de Segurança da Noruega (PST, na sigla em norueguês) confirmou ao Dagbladet que eles também possuem esta informação. 

“O PST sabe disso. Não quero divulgar os detalhes da informação a que a PST tem acesso”, disse Trond Hugubakken, responsável pelas comunicações públicas no PST.

A fonte disse ao Dagbladet que o primeiro grupo de terroristas inicialmente era composto de 300 pessoas. 28 deles morreram na Síria – em bombardeios e tiroteios. 272 militantes chegaram à Europa e receberam a ordem de se manter em “células adormecidas”. 

An eagle-owl celebrates Bird Day at the Sad Gorod (Garden City) private zoo in Vladivostok - Sputnik Brasil
Angry Birds do Daesh? Terroristas podem usar pássaros-bomba
O segundo grupo é composto de 150 terroristas que ainda estão na Síria. 112 deles já terminaram o treinamento no Iraque. Segundo a informação divulgada pela fonte, cerca de duas semanas atrás, eles chegaram à “capital” do califado do Daesh, Raqqa. Alegadamente o líder do grupo é um militante alemão do Daesh.

“O fluxo de informação sobre os terroristas é enorme. Algumas destas mensagens são verdadeiras, mas uma grande quantidade é falsa. A quantidade da informação cresce após os ataques terroristas, assim aconteceu após o atentado parisiense em novembro. O PST trabalha constantemente na análise e verificação destas informações”, disse Trond Hugubakken.

Fuzis AK-47 em esconderijo de rebeldes sírios na cidade de Aleppo - Sputnik Brasil
Top 6 das armas mais usadas pelos terroristas do Daesh
A organização terrorista Daesh (proibida na Rússia e reconhecida como terrorista pelo Brasil) autoproclamou-se "califado mundial" em 29 de junho de 2014, tornando-se imediatamente uma ameaça explícita à comunidade internacional e sendo reconhecida como a ameaça principal por vários países e organismos internacionais. Porém, o grupo terrorista tem suas origens ainda em 1999, quando o jihadista da tendência salafita jordaniano Abu Musab al-Zarqawi fundou o grupo Jamaat al-Tawhid wal-Jihad. Depois da invasão norte-americana no Iraque em 2003, esta organização começou a fortalecer-se, até transformar-se, em 2006, no Estado Islâmico do Iraque. A ameaça representada por esta entidade foi reconhecida pelos serviços secretos dos EUA ainda naquela altura, mas reconhecida secretamente, e nada foi feito para contê-la. Como resultado, surgiu em 2013 o Estado Islâmico do Iraque e do Levante, que agora abrange territórios no Iraque e na Síria, mantendo a instabilidade e fomentando conflitos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала