Cuidado com os seus desejos: Sérvia está dividida sobre adesão à UE

© AFP 2022 / OZAN KOSEBandeira da União Europeia
Bandeira da União Europeia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Sérvia continua dividida sobre a questão da adesão à União Europeia.

O Bloco Patriótico, criado pelo Partido Democrático da Sérvia, junto com o partido Dveri e intelectuais independentes, exigiram realizar um referendo sobre continuação das negociações com a União Europeia sobre adesão da Sérvia à UE.

Segundo pesquisas de opinião pública, o Bloco Patriótico atualmente pode atingir até 10% de votos nas eleições parlamentares e os representantes do Bloco opinam que a via europeia contradiz aos interesses estatais e nacionais da Sérvia.

“A realização do referendo demonstraria o poder democrático da sociedade”, declarou a líder do Partido Democrático da Sérvia, Sanda Raskovic-Ivic. 

Segundo ela, em menos de um dia a petição para a favor do referendo foi assinada por 100 famosos ativistas públicos da Sérvia.

Tomislav Nikolic - Sputnik Brasil
Sérvia quer que União Europeia siga exemplo da Rússia
As negociações sobre o artigo 35 (que trata da normalização das relações com Kosovo) é o novo instrumento da pressão da União Europeia à Sérvia, opinou ela, e é por isso que não há razões para comemorar. Sobre o 31º artigo, que tem a ver com a política de segurança, Raskovic-Ivic disse que o relatado nele ineditamente atrai as exigências de se aderir às sanções contra a Rússia.

Atualmente menos de 50% de sérvios apoiam a decisão de entrar à União Europeia. Outros cidadãos ora estão contra ora mostram ceticismo sobre a proposta, mas eles não têm representantes no Parlamento do país. Por isso a realização do referendo é a única via de saber a vontade do povo, sublinhou a líder do Partido Democrático.

Sede da Comissão Europeia em Bruxelas - Sputnik Brasil
Abençoados os que creem: Sérvia negocia últimos capítulos da adesão à UE
O Bloco patriótico é a favor da cooperação com a UE, mas contra a adesão, argumentando que isso não corresponde aos interesses da Sérvia, declarou o líder do partido sérvio Dveri, Bosko Obradovic. Segundo ele, está a hora de começar a discussão pública sobre a questão.

Mais cedo, foi divulgado que para as autoridades da União Europeia, a Sérvia só poderá fazer parte da União Europeia se reconhecer o Kosovo como Estado independente — e aplique sanções em relação à Rússia, seguindo o exemplo da própria UE.

Na segunda-feira (14) as partes começaram oficialmente o debate sobre os dois últimos capítulos objeto de negociações para a adesão do país à União Europeia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала