Porta-voz do Kremlin lamenta que ação turca tenha destruído relações com a Rússia

© AP Photo / Emrah GurelBanderia da Turquia vista durante protestos em Antália. 15 de novembro, 2015.
Banderia da Turquia vista durante protestos em Antália. 15 de novembro, 2015. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou nesta quinta-feira (17), em entrevista ao canal Rossiya-24 que lamenta que a derrubada do bombardeiro russo Su-24 tenha destruído as relações entre a Rússia e a Turquia.

“Eu só posso expressar incompreensão total e, claro, profundo pesar que a fundação, uma fundação muito sólida, das nossas relações construídas durante décadas foi consideravelmente danificada”, disse Peskov.

Participante do protesto contra as ações turcas em frente da embaixada russa em Moscou empunha o cartaz com a inscrição Náo vou à Turquia - Sputnik Brasil
Rússia impõe três condições à Turquia para superar tensão
O bombardeiro Su-24 foi derrubado sobre a Síria em 24 de novembro por um míssil ar-ar disparado de um caça turco F-16 em resposta a uma suposta violação do espaço aéreo da Turquia. As autoridades de defesa russa e síria confirmaram que a aeronave nunca cruzou o limite da Síria.

Em resposta ao incidente, Moscou introduziu um conjunto de sanções contra Ancara. As medidas, proíbem ou restringem as atividades das organizações turcas na Rússia e impedem que os empregadores russos contratem cidadãos turcos, deverão ter efeito a partir de 1 de janeiro de 2016.

Sobre o incitamento ao terrorismo e à proliferação de ideologia extremista na Internet, Peskov afirmou que isto deve ser parado completamente.

“Infelizmente, o bem e o mal vêm de mãos dadas na Internet. Isso inclui propaganda do terrorismo e da ideologia extremista, que deve ser decisivamente filtrada”, destacou Peskov.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала