Exército sírio ataca militantes do Daesh em províncias-chave

© Sputnik / Valery Melnikov / Abrir o banco de imagensA soldier of the Syrian Arab Army at an observation post at the frontline in the al-Kom village of the Quneitra province in Syria
A soldier of the Syrian Arab Army at an observation post at the frontline in the al-Kom village of the Quneitra province in Syria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Dezenas de terroristas do Daesh e da Frente al-Nusra foram alegadamente eliminados e muitos mais feridos na Síria depois de o exército do país lançar ofensivas nas províncias-chave de Hama, Homs, Damasco, Aleppo, Idlib e Daraa, diz a agência iraniana FARS.

Em Hama os aviões sírios apoiados pelos ataques aéreos russos alvejaram as posições do Daesh (também conhecido como “Estado Islâmico” na povoação estratégica de Qteisheh perto de al-Salamiyah. Supostamente os terroristas sofreram perdas significativas nestes raides aéreos.

Base aérea militar de Hama, na Síria - Sputnik Brasil
Força Aérea Síria atacou mais de 500 alvos terroristas na semana passada
Na província central de Homs, um número de terroristas da Frente al-Nusra foram mortos na sequência de ataques aéreos governamentais de posições fortificadas na aldeia de Ter Maela e na cidade de Talbiseh, ao norte da cidade de Homs. As municipalidades estão situados na rodovia Damasco-Aleppo.

Confrontos violentos entre as forças governamentais sírias e militantes tiveram lugar em Damasco, onde o exército e as Forças de Defesa nacionais assaltaram fortificações dos grupos militantes ao logo de uma das suas rotas principais de abastecimento no leste da província. As tropas sírias conseguiram tomar controle completo da rodovia, segundo fontes.

© Sputnik / Valery Melnikov / Abrir o banco de imagensSoldado do exército sírio observa territórios na província de Quneitra
Soldado do exército sírio observa territórios na província de Quneitra - Sputnik Brasil
Soldado do exército sírio observa territórios na província de Quneitra
Na província setentrional de Aleppo pelo menos 12 radicais islâmicos foram mortos em confrontos na quarta-feira (16) quando o exército atacou posições de terroristas em Rasm al-Sahrij e Abad na parte rural no sudoeste da província. Adicionalmente o exército destruiu as posições da frente al-Nusra na própria cidade de Aleppo, os combates tiveram lugar em vários bairros lá, inclusive em al-Sheikh Lutfi, Hanano, Karm al-Tahhan e al-Jazmati.

Aviação russa na base Hmeymim, na Síria - Sputnik Brasil
Força Aeroespacial russa realiza 59 voos nas últimas 24 horas na Síria
Em Idlib uma série de ataques aéreos foram lançados por aviões militares do exército sírio que alvejaram bastiões terroristas no sudeste da província. Mais uma grande ofensiva foi efetuada na cidade de Daraa no sul da província onde as forças sírias causaram severas baixas de terroristas do Daesh em destruir as suas posições nos bairros de Aba Zaid e al-Manshia.

​Além dos esforços antiterroristas do exército sírio vem a campanha aérea russa que iniciou em 30 de setembro, quando mais de 50 aviões de combate russos, inclusive Su-24M, Su-25 e Su-34 iniciaram ataques de alta precisão contra as posições do Daesh na Síria após pedido do presidente sírio, Bashar Assad.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала