Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Premiê russo: luta contra terrorismo deve deixar de lado diferenças ideológicas

© Sputnik / Ekaterina Shtukina / Abrir o banco de imagensPrimeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, durante o Conselho dos Chefes dos Governos da SCO
Primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, durante o Conselho dos Chefes dos Governos da SCO - Sputnik Brasil
Nos siga no
O primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, declarou que a Rússia apoia os esforços do governo afegão na luta contra o terrorismo e tráfico de drogas, porque a formação de uma frente única contra terrorismo exige deixar de lado as diferenças ideológicas.

A respetiva declaração foi feita por Medvedev nesta terça-feira (15) no âmbito da reunião de Conselho de Chefes do governo da Organização para Cooperação de Xangai (SCO), realizada na cidade chinesa de Zhengzhou.

"A Rússia apoia os esforços do governo e do povo do Afeganistão para a paz, para o restabelecimento da estabilidade, para que o país seja estável, neutral, economicamente sustentável, livre de extremismo, dos crimes ligados à droga e outros problemas", disse.

Segundo Medvedev, a agressão terrorista é alimentada pelo caos e pela anarquia que dominam o Oriente Médio e África do Norte.

"Só é só possível combater estes desafios por meio da criação de uma frente conjunta contra o terrorismo, deixando de lado as diferenças ideológicas", sublinhou o premiê russo. 

Lembramos que a Organização para Cooperação de Xangai apoia a intensificação de esforços conjuntos da comunidade internacional para combater os grupos terroristas.

Dólar e rublo - Sputnik Brasil
Comércio sem dólar fomentará integração regional
Medvedev sublinhou mais uma vez que, de acordo com as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, os países da SCO estão implementando medidas abrangentes, especificadas no programa de cooperação na luta contra terrorismo, separatismo e extremismo para os anos 2016-2018.

O primeiro-ministro russo Medvedev se encontra em visita de trabalho à China entre 14 e 17 de dezembro.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала