Comércio sem dólar fomentará integração regional

© Sputnik / Aleksandr Demianchuk / Abrir o banco de imagensDólar e rublo
Dólar e rublo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na madrugada desta terça-feira (15), o primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev, participou da sessão do Conselho de Chefes de Governo da SCO (sigla em inglês da Organização de Cooperação de Xangai) na China.

O leque dos assuntos abordados no âmbito do encontro foi bastante amplo, mas os destaques são a luta contra o terrorismo e a integração no quadro da organização.

Notas de yuan chinês em uma agência do Bank of China em Changzhi, 16 de setembro de 2008 - Sputnik Brasil
Yuan se levanta: Fim da hegemonia de dólar norte-americano
A implementação de um sistema financeiro unificado e sustentável é um dos mecanismos que fomentará esta integração, cuja visão o premiê russo, pelos vistos, partilha.

"Para realizar um apoio financeiro eficiente, inclusive uma creditação facilitada, a tarefa primária aqui é a criação de um mecanismo financeiro da SCO", disse Medvedev, ressaltando o papel de outros mecanismos parecidos que existem no mundo: o Banco Europeu de Desenvolvimento, o Banco Asiático de Investimentos em Infraestrutura (AIIB — a Sputnik acompanhou a criação desta instituição), o Fundo da Rota de Seda, o Novo Banco de Desenvolvimento dos BRICS e a União Interbancária da SCO.

SCO - Sputnik Brasil
Conheça a Organização para Cooperação de Xangai
Entre os projetos já em vias de implementação, o chefe do governo russo destacou o lançamento da plataforma de comércio em rublos e yuan e em rublos e tenge (moeda do Cazaquistão) na Bolsa de Moscou.

Aliás, a Rússia e a China têm testado várias vezes a convivência do rublo e do yuan em uma série de territórios. Vale destacar a experiência da cidade chinesa de Suifenhe (na fronteira com a Rússia) e um programa de 2005 que tentou implementar o uso indiscriminado das duas moedas em todas as regiões fronteiriças dos dois países.

© Foto / Screenshot: Google MapsLocalização de Suifenhe (no topo do mapa) na fronteira entre a China e a Rússia
Localização de Suifenhe (no topo do mapa) na fronteira entre a China e a Rússia - Sputnik Brasil
Localização de Suifenhe (no topo do mapa) na fronteira entre a China e a Rússia

Na semana passada, o yuan começou oficialmente o seu caminho ao estatuto de moeda internacional de reserva, após o FMI fazer o anúncio correspondente para outubro de 2016.

Proposta chinesa

Por sua parte, o homólogo chinês de Medvedev, Li Keqiang, propôs criar uma zona de comércio livre para a SCO para acelerar o intercâmbio comercial até 2020.

"Nós acabamos de concordar que iremos instruir os nossos ministros do Comércio e da Economia para que elaborem medidas específicas para garantir o estabelecimento de uma zona de comércio libre no âmbito da SCO para criar umas condições mais favoráveis ao comércio", disse Li nesta terça.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала