Oposição síria exige saída de Assad logo no início do período de transição

© REUTERS / Ammar AbdullahMilitantes rebeldes da oposição síria
Militantes rebeldes da oposição síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Participantes da conferência de grupos da oposição síria, que acontece nesta quinta-feira (10), em Riade, exigem que o atual presidente da Síria Bashar Assad e a sua equipe deixem o poder tão logo for iniciado o processo de transição política no país, revelou à Sputnik uma fonte exclusiva com acesso ao rascunho da declaração final do encontro.

Sergei Lavrov e John Kerry - Sputnik Brasil
Lavrov e Kerry estudam convocar nova reunião internacional sobre Síria
"Os participantes destacaram que Assad e seu entorno devem deixar o poder com o início do período de transição" – disse a fonte.

O encontro dos representantes da oposição síria, incluindo dois grandes grupos islâmicos armados Jaish al-Islam e Ahrar al-Sham, acontece desde a quarta-feira (9), na capital da Arábia Saudita, sob a égide do ministério das Relações Exteriores do país, e tem por objetivo chegar a uma posição unificada antes do encontro marcado entre a oposição e o governo da Síria.

Presidente da Síria, Bashar Assad dá entrevista à BBC em Damasco - Sputnik Brasil
Mídia: EUA podem aceitar participação de Assad na transição política síria
Mais cedo havia surgido a informação de que representantes do grupo Ahrar al-Sham deixaram as negociações.

A conferência, que foi inaugurada pelo chanceler da Arábia Saudita Adel Al-Dzhubeyr, conta com a participação de certa de 100 representantes da oposição síria. As partes discutem os meios da regulação política do conflíto sírio, o possível cessar-fogo e as perspectivas de recuperação da Síria. O evento foi programado para durar dois dias, devendo ser concluída com o documento de uma declaração final.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала