Aviões russos atacam 204 alvos do Daesh na Síria nas últimas 24 horas

© Foto / Screenshot: YouTubeAviação russa atinge posto de controle do Estado Islâmico na Síria
Aviação russa atinge posto de controle do Estado Islâmico na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Aviões da Força Aérea da Rússia realizaram 82 missões ao longo das últimas 24 horas e atacaram 204 alvos terroristas na Síria. A informação foi divulgada pelo porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov.

"Nas últimas 24 horas, as aeronaves da Força Aérea Russa realizaram 82 missões e atacaram 204 alvos terroristas nas províncias de Aleppo, Idlib, Lataquia, Hama e Homs", disse o porta-voz.

Caças Rafale da Força Aérea da França se prerarem apoiar a coalizão internacional contra o Estado Islâmico, 27 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
Rússia: ampla coalizão contra Daesh é possível
Konashenkov disse que 32 missões foram feitas durante a noite passada.

Leia o resto da primeira parte da íntegra do briefing do departamento militar:

"Durante a última semana foi aumentada significativamente a intensidade dos ataques contra alvos da infraestrutura terrorista em todo o território da Síria. 

Foi realizado um ataque aéreo de mísseis contra os alvos mais importantes dos grupos terroristas com armas de alta precisão.

Foram usados mísseis de cruzeiro de baseamento marítimo Kalibr e bombas aéreas guiadas KAB-500.

O submarino russo Rostov do Don disparou pela primeira vez mísseis de cruzeiro Kalibr a partir do mar Mediterrâneo contra alvos do Daesh na Síria.

A Rússia já havia efetuado dois lançamentos de mísseis Kalibr contra os terroristas mas a partir de uma flotilha de navios de superfície no Mar Cáspio.

A particularidade da última operação foi o lançamento múltiplo a partir de um submarino, com a ajuda dos dispositivos de torpedos.  

Os dados do controle objetivo mais uma vez confirmaram a alta eficiência deste complexo de mísseis.

Todos os alvos foram atingidos com alta precisão.

Lembro que o alcance de mísseis de cruzeiro Kalibr é de cerca de dois mil quilômetros.

Estes mísseis são extremamente difíceis de detetar e, contornando o relevo em altitudes superbaixas, são quase invisíveis para quaisquer meios de defesa antiaérea. 

A precisão de alcance do alvo é de apenas alguns metros. Tomando em conta o peso da ogiva, o alvo fica seguramente destruído.

O míssil pode ser equipado tanto com uma ogiva comum como com uma ogiva especial – nuclear.

Importa lembrar que, em novembro deste ano, além dos Kalibr, foram também usados os novos mísseis de cruzeiro de baseamento aéreo H-101, lançados a partir de aviões da aviação estratégica. Tal arma de alta precisão destrói garantidamente alvos à distância de cerca de 4,5 mil quilômetros".

Aviação russa realiza ataques localizados contra instalações dos terroristas na Síria - Sputnik Brasil
Novo vídeo revela bastidores de um amplo ataque aéreo da Rússia na Síria
A operação aérea russa na Síria utiliza aeronaves do tipo Su-24M, Su-24SM e Su-34. Os caças Su-30 atuam na função de proteger todas as missões.

Konashenkov também observou que ao concluir as tarefas de combate todos os aviões retornam à base aérea de Hmeymim, na Síria. 

A Rússia realiza desde 30 de setembro ataques aéreos contra posições do grupo terrorista Estado Islâmico na Síria. A operação aérea russa foi desencadeada por um pedido de ajuda militar enviado a Moscou pelo presidente da Síria, Bashar Assad.

Segundo o ministério da Defesa da Rússia, apenas na semana passada (entre 26 de novembro de 4 de dezembro), a aviação russa realizou 431 voos de combate contra posições do Daesh na Síria, atingindo um total de 1458 alvos terroristas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала