Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Maduro reconhece vitória da oposição, mas diz que derrota é 'circunstancial'

© AFP 2021 / FEDERICO PARRAMoradores de Caracas comemoram resultados das eleições
Moradores de Caracas comemoram resultados das eleições - Sputnik Brasil
Nos siga no
A presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela, Tibisay Lucena, divulgou na madrugada desta segunda-feira (7) os resultados das eleições legislativas deste domingo.

Presidente da Venezuela Nicolás Maduro com a presidente do Brasil Dilma Rousseff - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Dilma se opõe ao uso da cláusula democrática do Mercosul contra Venezuela
De acordo com o escrutínio, a coalizão de direita Mesa da Unidade Democrática (MUD) obteve 99 assentos no parlamento — contra 46 do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), do presidente Nicolás Maduro.

Cerca de 75% da população com direito a voto participou das eleições.

"Muito obrigada a todo o povo e parabéns por esta grande jornada", disse Lucena após o anúncio.

O presidente Maduro reconheceu a derrota dos seus partidários, mas frisou que é temporária.

"Triunfou a guerra econômica", disse, qualificando a derrota como "circunstancial".

"A tarefa central da Revolução Bolivariana é acelerar uma profunda revolução econômica e produtiva", acrescentou, ressaltando que "agora é quando começa" a "luta pela construção do socialismo, de uma nova sociedade".

Maduro não deixou de apelar à união política, espiritual e ideológica, afirmando estar certo de que "sairemos dessa".

A nova Assembleia Nacional (parlamento venezuelano) assumirá as suas funções a partir de 2016.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала