Mídia: Daesh treina pilotos-terroristas na Líbia

© AFP 2022 / FETHI NASRISituação na Líbia
Situação na Líbia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Militantes na Líbia obtiveram pequenos jatos e simuladores de voo, que podem ser usados para treinar habilidades básicas de pilotagem de aeronaves, informou a imprensa dos Estados Unidos. Alguns analistas afirmam que tal é suficiente para realizar ataques como o de 9/11, nos EUA.

O Daesh, também conhecido como Estado islâmico, começou a treinar os pilotos em uma base aérea sob o seu controlo na Líbia, comunica o Fox News.

Trípoli, capital da Líbia - Sputnik Brasil
Declaração de apoio ao governo de unidade nacional na Líbia foi saudada por 10 países
Pelo menos um simulador de voo e vários pequenos aviões apreendidos após o derrube do presidente do país, Muammar Kadhafi, estão nas mãos de militantes no momento. De acordo com Erik Burkhart, ex-agente da CIA, isso significa que existe uma ameaça de que os militantes possam levar a cabo ataques terroristas como os que ocorreram nos EUA em 11 de Setembro de 2001.

Por sua vez, Jacques Nerias, ex-vice-chefe para a avaliação da inteligência militar israelense, acredita que, para realizar ataques, os militantes só precisam de habilidades básicas de pilotagem.

"Estamos falando de pilotos com habilidades muito básicas que podem fazer decolar um avião leve e perpetrar uma catástrofe no Vaticano, por exemplo. É precisa apenas uma hora e meia para atravessar [o Mar Mediterrâneo] da Líbia para Roma," disse Nerias  à Fox News.

No início desta semana, o jornal Asharq al-Awsat informou, se referindo a fontes militares da Líbia, que uma organização terrorista tinha "um simulador de treinamento e uma aeronave totalmente nova", que possivelmente foi enviada para o país do exterior em outubro. Está equipada com radar e um aparelho para a comunicação com os controladores de tráfego.

Agentes do FBI investigam ataque em San Bernardino, na Califórnia - Sputnik Brasil
FBI classifica como ato terrorista o ataque em San Bernardino
Desde a derrubada e assassinato de Muammar Khaddafi durante o conflito de 2011, a Líbia mergulhou em uma situação de crise total. 

Além disso, uma série de territórios na Líbia está fora de controle das autoridades centrais. A ONU observou que, em meio a múltiplas violações da lei e da ordem em várias regiões da Líbia, grupos afiliados com o Daesh capturam vários territórios.

No final de novembro, o Wall Street Journal citou fontes da inteligência líbia dizendo que o número de militantes do Daesh havia alcançado cinco mil. Houve também relatos de criação de uma nova base militar na cidade costeira de Sirte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала