Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

FBI classifica como ato terrorista o ataque em San Bernardino

© REUTERS / Mike BlakeAgentes do FBI investigam ataque em San Bernardino, na Califórnia
Agentes do FBI investigam ataque em San Bernardino, na Califórnia - Sputnik Brasil
Nos siga no
O tiroteio em massa na cidade de San Bernardino, na última quarta-feira, está sendo investigado como ato terrorista, informou David Bowdich, diretor-assistente do FBI em Los Angeles, nesta sexta-feira.

“Estamos agora investigando esses ator terríveis como atos de terrorismo”, disse Bowdich em encontro com jornalistas.

A decisão acontece depois de relatos de que um dos atiradores, Tashfeen Malik, alegou aliança ao Daseh, grupo terrorista também conhecido como Estado Islâmico. Relatos anteriores também indicavam que seu marido e cúmplice, Syed Rizwan Farook, manteve contato com pessoas suspeitas de terrorismo em redes sociais.

© AP Photo / California DMVImagem de Syed Rizwan Farook fornecida pelo departamento de trânsito da Califórnia
Imagem de Syed Rizwan Farook fornecida pelo departamento de trânsito da Califórnia - Sputnik Brasil
Imagem de Syed Rizwan Farook fornecida pelo departamento de trânsito da Califórnia

Ainda não há provas que sugiram que o Daesh orientou a dupla a executar o ataque, mas Malik e Farook talvez tenham se tornado radicais por conta própria.

Police and Sheriff's Office Crime Scene Iinvestigators examine evidence at the scene of the investigation around an SUV where two suspects were shot by police following a mass shooting in San Bernardino, California December 3, 2015. - Sputnik Brasil
Terrorista da Califórnia jurou fidelidade ao Daesh
Um oficial do FBI afirmou que havia “certa possibilidade” de que os atiradores estivessem planejando um segundo ataque. O FBI também ressaltou que não está ciente de outras ameaças terroristas aos Estados Unidos neste momento.

Segundo a MSNBC, um oficial do FBI afirmou que o órgão está atualmente investigando uma pessoa procurada que pode ter comprado legalmente e fornecido a Farook os rifles usados no ataque.

Malik e Farook abriram fogo em uma sala de reuniões de um centro para pessoas com deficiência na última quarta-feira, matando 14 pessoas e ferindo outras 21. Ambos foram mortos horas depois em uma troca de tiros com a polícia.

Uma busca na residência do casal encontrou grandes quantidades de munição e material explosivo. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала