Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

‘Rompimento das relações entre Rússia e Turquia não corresponde aos seus interesses’

© AFP 2021 / KIRILL KUDRYAVTSEVParticipantes do protesto após o abate do Su-24 empunham um cartaz em frente do edifício da embaixada da Turquia em Moscou, 25 de novembro de 2015
Participantes do protesto após o abate do Su-24 empunham um cartaz em frente do edifício da embaixada da Turquia em Moscou, 25 de novembro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A suspensão da cooperação entre a Rússia e a Turquia terá consequências negativas para ambos os países, disse do ex-ministro das Alfândegas e Comércio turco e presidente do grupo parlamentar do partido no poder, Nurretin Canikli.

Segundo o presidente do grupo parlamentar do partido Justiça e Desenvolvimento, tanto a Turquia como a Rússia lucraram muito com a cooperação bilateral porque esta contribui para a prosperidade dos povos dos dois países.

"A amizade entre a Turquia e a Rússia não pode ruir por causa dum incidente. Devemos preservar os laços amigáveis com o povo russo e a cooperação com a liderança russa. Os interesses de ambos os países exigem isso", afirmou o político turco.

Празднование Дня ВМФ России - Sputnik Brasil
Rússia reforçará fronteira marítima com a Turquia
Canikli opina que o incidente trágico não deve por fim à cooperação estreita, que levou tanto tempo a atingir.

"Compreendemos as declarações bastante violentas que a Rússia fez após o acontecido. É uma reação justificada", disse o deputado. "<…> embora consideremos algumas declarações da liderança russa como inaceitáveis".

Na opinião do político turco, as declarações emocionais não contribuem para a resolução da crise nas relações bilaterais, apenas agravam a situação ainda mais. O resultado disso serão dificuldades económicas para ambos os países.

Há que lembrar que, a seguir ao abate do bombardeiro russo Su-24 no céu da Síria pelo caça turco F-16, a Rússia introduziu sanções económicas contra a Turquia.

De acordo com o político turco, “a situação de crise pode ser superada somente realizando uma política razoável e bem ponderada de ambas as partes. Esperamos que o bom senso e a aspiração à cooperação mutuamente benéfica nos ajudem a melhorar as relações amigáveis com a Rússia”.

Participante do protesto contra as ações turcas em frente da embaixada russa em Moscou empunha o cartaz com a inscrição Náo vou à Turquia - Sputnik Brasil
'Restaurar relações com a Rússia é a primeira tarefa do governo turco'
Segundo a fonte no governo turco, a Turquia ainda não recebeu informação oficial da parte russa sobre as sanções introduzidas contra o país e ainda não elaborou quaisquer medidas em resposta.

Há poucos dias, um avião russo Su-24 foi abatido por um caça F-16 turco sobre o território sírio, tendo caído a quatro quilômetros da fronteira com a Turquia. O presidente russo, Vladimir Putin, chamou a derrubada do avião de um "golpe nas costas por cúmplices dos terroristas". Ancara declara que o Su-24 entrou no seu espaço aéreo. O Estado-Maior Geral da Federação da Rússia afirmou que o bombardeiro não tinha cruzado a fronteira com a Turquia, o que foi confirmado por dados da defesa antiaérea síria. Segundo os dados de uma fonte da Reuters na administração dos EUA, Washington tem todos os motivos de pensar que a aeronave foi abatida sobre Síria, mas o Pentágono não confirmou esta informação oficialmente.

O piloto do Su-24, Oleg Peshkov, foi baleado a partir do solo durante a ejeção por militantes turcomenos no território por eles controlado. O copiloto salvo, Konstantin Murakhtin, disse a jornalistas que o Su-24 não cruzou a fronteira e que a tripulação não recebeu quaisquer avisos da parte de aviões turcos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала