Exército sírio repele ofensiva do Estado Islâmico contra base aérea estratégica

© Sputnik / Michael Alaeddin / Abrir o banco de imagensSoldados sírios
Soldados sírios - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Forças Armadas da Síria conseguiram rechaçar um assalto em grande escala efetuado por militantes do Estado Islâmico contra a base aérea de Deir ez-Zor e, na contraofensiva, liquidaram um significativo número de terroristas.

Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Kremlin: Rússia continuará operação aérea na Síria sem quaisquer limitações
Uma ofensiva de grande escala de militantes do Estado Islâmico para penetrar as linhas defensivas do exército sírio perto da base de Deir ez-Zor foi rechaçada, diz a FARS News alegando uma fonte informada sobre a situação. 

Os jihadistas recuaram, deixando muitos mortos e feridos. Depois de as tropas governamentais lançarem um contra-ataque, os terroristas abandonaram o campo de batalha.   

Neste sábado (28) o exército sírio foi engajado em violentos confrontos com militantes do EI na província de Deir ez-Zor.

As fontes declaram que um grande número de militantes do EI foi morto ou ferido pelas tropas governamentais da Síria nos bairros de al-Huweika e Jebila da cidade de Deir ez-Zor. 

Exército sírio nos arredores de Damasco - Sputnik Brasil
Exército sírio se aproxima de Aleppo
Ao todo na Síria há 15 aeródromos militares e bases aéreas, segundo a RIA Novosti. A base aérea de Deir ez-Zor está agora nas mãos do exército da Síria após ter permanecido sob assédio de militantes por três anos. A cidade de Deir ez-Zor é o centro da província homónima, que fica no extremo leste da Síria, nas margens do rio Eufrates.  

O grupo terrorista Estado Islâmico, anteriormente designado por Estado Islâmico do Iraque e do Levante, foi criado e, inicialmente, operava principalmente na Síria, onde seus militantes combatem contra as forças do governo. Posteriormente, aproveitando o descontentamento dos sunitas iraquianos com as políticas de Bagdá, o Estado Islâmico lançou um ataque maciço em províncias do norte e noroeste do Iraque e ocupou um vasto território. No final de junho de 2014, o grupo anunciou a criação de um "califado islâmico" nos territórios sob seu controle no Iraque e na Síria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала