Rússia envia 300 geradores de luz à Crimeia após bloqueio ucraniano

© Sputnik / Taras Litvinenko / Abrir o banco de imagensCrimeia
Crimeia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério para Situações de Emergências da Rússia enviou à Crimeia 300 geradores móveis. A informação foi divulgada nesta terça-feira (24) pelo serviço de imprensa da pasta.

“Um avião lI-76 que saiu do aeródromo de Ramenskoe rumo à região de Simferopol, leva a bordo 300 geradores móveis de 30Kw para abastecer as necessidades da população”, disse o comunicado. 

Apagão na Crimeia - Sputnik Brasil
Apagão na Crimeia é ato criminoso, diz Alemanha
De acordo com a nota, os geradores serão usados para instalações socialmente importantes.

"Mais de 3 mil pessoas e 1.000 máquinas vão participar dos reparos no Distrito Federal da Crimeia", acrescenta o ministério.

O blecaute da rede de energia elétrica na península russa começou no domingo (22), depois de grupos extremistas ucranianos terem explodido torres de alta tensão na linha de abastecimento da Crimeia, no lado ucraniano da fronteira. A concessionária de energia ucraniana, Ukrenergo, se comprometeu a retomar o fornecimento em dois dias, mas até agora se mostrou incapaz de reparar os postes, enquanto a polícia local, por sua vez, se mostra incapaz de remover os extremistas do local das explosões.

Cerca de 2,5 milhões de habitantes da Crimeia foram deixados sem energia elétrica como resultado dos ataques.

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала