Rússia envia cachorrinho para a polícia francesa após morte de cão policial em Saint-Denis

Nos siga noTelegram
O Ministério de Assuntos Internos da Rússia decidiu presentear os seus colegas franceses com um novo cachorrinho, que, possivelmente, poderá substituir a honrada Diesel, cadela policial que acabou morrendo durante uma operação especial em Saint-Denis na última quarta-feira.

Membros do batalhão especial francês RAID com um cachorro de assalto em Saint-Dénis, perto de Paris, durante a operalçaio antiterrorista - Sputnik Brasil
Cachorro vira herói da operação antiterrorista francesa
Diesel, uma pastor belga que tinha sete anos, fazia parte da unidade de contraterrorismo da polícia francesa. Ela foi vítima de supostos terroristas quando enviada, há dois dias, para avaliar a possível presença de explosivos em um apartamento em Saint-Denis. 

Para mostrar apoio aos franceses, as autoridades russas decidiram enviar Dobrynya, um pastor alemão ainda filhote, que deve chegar em breve à França. 

"O cachorrinho será transferido para a França para mostrar solidariedade com os franceses e sua polícia na luta contra o terrorismo", declarou a representante do Ministério do Interior da Rússia Elena Alekseeva, no Instagram. 

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала