Tropas sírias avançam a 2km de Palmira, dezenas de militantes mortos

© Sputnik / Mikhail Voskresenskiy / Abrir o banco de imagensHelicópteros russos Mi-24P atacam posições do EI perto de Palmira
Helicópteros russos Mi-24P atacam posições do EI perto de Palmira - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As forças do governo sírio avançaram para uma distância de cerca de dois quilômetros da antiga cidade síria de Palmira, matando dezenas de terroristas do Estado Islâmico em meio a pesados combates, segundo informou uma fonte do exército sírio nesta quarta-feira (18).

O Exército Árabe Sírio, assistido por aviões de guerra russos, está há alguns meses avançando lentamente em direção à cidade, lar de ruínas e monumentos de valor inestimável da era romana. Patrimônio Mundial da UNESCO, o sítio arqueológico já foi parcialmente destruído pelos jihadistas.

"A luta pela colina de al-Tarr [se desenrola] a dois quilômetros da Cidadela de Palmira. A tomada deste monte permitirá que as tropas do governo cortem as linhas de abastecimento dos terroristas a partir da província de Raqqa e, finalmente, facilitará a captura da cidadela", disse a fonte à Sputnik.

Aviação russa realiza ataques localizados contra instalações dos terroristas na Síria - Sputnik Brasil
Aviação russa destrói 500 caminhões-cisterna de terroristas na Síria
Segundo o oficial sírio, os militantes extremistas tentaram contra-atacar as posições do Exército ao sul de Palmira, mas todos os ataques foram repelidos com sucesso.

Desde que a cidade caiu sob o domínio do Estado Islâmico, em maio, vários marcos da arquitetura histórica de Palmira foram destruídos pelos jihadistas, incluindo os antigos templos de Bel e Baal-Shamin.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала