Rússia e França concordam em coordenar ações militares contra EI na Síria

© REUTERS / Michel EulerPresidente da Rússia Vladimir Putin e presidente da França François Hollande
Presidente da Rússia Vladimir Putin e presidente da França François Hollande - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os presidentes da Rússia e da França, Vladimir Putin e François Hollande, concordaram em coordenar as ações militares de seus países na luta contra os terroristas do Estdo Islâmico, informou nesta terça-feira (16) o serviço de imprensa do Kremlin.

Os líderes dos dois países chegaram ao acordo de cooperação na luta contra o terrorismo em conversa telefônica realizada por iniciativa da França.

"Os líderes deram atenção especial ao reforço da cooperação bilateral e multilateral para combater o terrorismo internacional. Foi acordado, em particular, estreitar o contato e a coordenação de ações dos serviços especiais dos dois países no decurso das operações antiterroristas realizadas pela Rússia e pela França na Síria" – revelou um comunidado oficial do governo russo.

Su-30SM fighter jet - Sputnik Brasil
Kremlin: Pentágono se recusa a cooperar com a Rússia na Síria
Mais cedo, Putin havia solicitado que fosse criado junto com a Marinha da França um plano de ações conjuntas terrestres e marítimas na Síria. Ele destacou ainda que os colegas franceses, que chegarão com um porta-aviões até costas da Síria, deverão ser tratados como aliados pelos militares russos.

Desde 30 de setembro, a aviação russa realizará ataques contra os grupos terroristas Estado Islâmico e Frente Nusra após um pedido do presidente sírio, Bashar Assad.

O chefe do Estado Maior russo, general Valery Gerasimov, informou nesta terça-feira que desde o começo da operação, as Forças Aeroespaciais da Rússia realizaram cerca de 2.300 voos de combate e destruiu mais de 4.100 alvos dos terroristas.

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала