Rússia usará armas de alta precisão e drones na luta contra o Estado Islâmico

Nos siga noTelegram
Aviação russa intensificará o bombardeio das posições dos terroristas na Síria fazendo uso de armas de alta precisão para eliminar fisicamente seus líderes. Quem afirma é editor-chefe do jornal Natsionalnaya Oborona (Defesa Nacional), Igor Korotchenko.

“Serão intensificados os voos de combate e será usada toda a gama de armas de alta precisão mais modernas, incluindo bombas e foguetes guiados”, disse o especialista. 

Учебные пуски крылатых сверхзвуковых ракет - Sputnik Brasil
Mídia: Rússia dispara mísseis de cruzeiro contra Estado Islâmico
A intensificação do combate ao terrorismo por parte da Rússia seria em conseqüência do atentado contra o Airbus A321 da companhia aérea Kogalymavia, em 31 de outubro, na península do Sinai, matando as 224 pessoas que estavam a bordo.

O chefe do Serviço de Segurança Federal (FSB) da Rússia confirmou nesta terça-feira que a aeronave foi atacada.

Na opinião de Igor Korotchenko, a detecção e a eliminação de líderes do Estado Islâmico também se intensificará, independentemente do custo dos meios de destruição que isso vai significar.

"Acho que o grupo de aviação russa operando na Síria receberá novos drones, intensificará o reconhecimento espacial e rádio-eletrônico, a fim de descobrir e destruir os principais pontos de apoio do Estado Islâmico, além do uso de outras armas de alta precisão com bases em terra, mar e a partir do território russo", disse ele.

O especialista ainda destacou que será organizada uma cooperação mais estreita com as autoridades do Egito a fim de capturar os responsáveis do atentado contra o avião russo que sobrevoava a península do Sinai. 


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала