Militares norte-americanos são proibidos de ir Paris

© AFP 2022 / PASCAL GUYOTSoldados norte-americanos durante exercícios franco-americanos no sul da França
Soldados norte-americanos durante exercícios franco-americanos no sul da França - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Departamento da Defesa norte-americano proibiu os militares estadunidenses de visitar Paris, informa The Washington Post.

Porta-aviões francês Charles de Gaulle - Sputnik Brasil
França intensifica operação militar na Síria
Esta ordem de serviço foi divulgada pelo Comando Europeu das Forças Armadas dos EUA. Os militares norte-americanos que estão na Europa, pessoal civil e os seus familiares estão proibidos de se aproximar da cidade a uma distância de menos de 50 km. Os que precisarem visitar a capital por assuntos urgentes terão de receber a autorização de seus chefes.

“Esta medida de precaução é destinada a proteger os nossos funcionários. Além disso, esta decisão permite baixar o fluxo de turistas nas fronteiras da França enquanto as autoridades da Quinta República realizam a investigação da tragédia”, disseram no Pentágono.

Há exceções para militares envolvidos na proteção das missões diplomáticas, por exemplo, fuzileiros navais que defendem a embaixada norte-americana em Paris. O representante oficial do Pentágono, Jeff Davis, afirmou que a proibição está em vigor por tempo indeterminado.

John Kerry, secretário de Estado americano (EUA) - Sputnik Brasil
John Kerry está em Paris para discutir combate ao terrorismo
Uma série de atentados com tiroteios e tomada de reféns teve lugar em Paris na sexta-feira, 13 de novembro. Entre os locais atacados estavam várias ruas da capital, o teatro Bataclan, perto do centro, e o Estádio de França (Stade de France), ao norte da cidade. Segundo os últimos dados, os atentados mataram 132 pessoas. É o pior atentado da história francesa.

Há que lembrar que, na segunda-feira (16), o presidente norte-americano Barack Obama disse que os EUA não dispunham de informações sobre possíveis ataques em Paris, de maneira a comunicar essas informações à França ou a agir independentemente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала