Interpol tinha apresentado acusações contra terrorista envolvido em ataques em Paris

© AFP 2022 / ALAIN JOCARD Paris prosecutor Francois Molins delivers a statement on November 14, 2015 in Paris, a day after a series of coordinated attacks in and around Paris
Paris prosecutor Francois Molins delivers a statement on November 14, 2015 in Paris, a day after a series of coordinated attacks in and around Paris - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Procurador diz que contra um dos autores do ataque terrorista em Paris foram anteriormente apresentadas acusações pela Interpol.

Policiais franceses na praça da República em Paris - Sputnik Brasil
França identifica organizador dos ataques de Paris
O procurador francês François Molins disse que a Interpol já havia apresentado acusações contra um dos autores do ataque terrorista em Paris.

As impressões digitais de um dos homens-bomba por atrás dos ataques perto do Estádio de France em Paris correspondem às impressões digitais de uma pessoa registrada na Grécia em outubro, disse o procurador nesta segunda-feira (16). 

Sabe-se que foi emitido um mandato de busca por terrorismo contra um dos assaltantes.

“Nesta etapa enquanto a autenticidade de um passaporte emitido em nome de Ahmad al Mohammad, nascido em 10 de setembro 1990 em Idlib, na Síria, precisa ser verificada, há similaridades entre as impressões digitais do realizador do ataque suicida e das que foram obtidas durante controle na Grécia em outubro”, disse o procurador de Paris em um comunicado.  

Molins também confirmou que cinco dos terroristas mortos foram identificados.

O procurador acrescentou que o segundo terrorista na sala de concertos Bataclan foi identificado: supostamente é oriundo de Samy Ammour de Drancy (cidade nos arredores de Paris) de 28 anos. O homem era conhecido pelas unidades contraterroristas depois de ser posto sob investigação e controle judicial na sequência das suas tentativas de ir ao Iêmen.  

Ele desapareceu no outono de 2013, tendo sido emitido um mandato internacional de detenção contra ele.

Uma série de atentados com tiroteios e tomada de reféns teve lugar em Paris na sexta-feira, 13 de novembro. Entre os locais afetados estavam várias ruas da capital, o teatro Bataclan, perto do centro, e o estádio Stade de France, ao norte da cidade. Segundo os últimos dados os atentados levaram as vidas de 132 pessoas. É já o pior atentado da história francesa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала