Putin: Rússia usou informações do Exército Livre da Síria

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensVladimir Putin
Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente russo, Vladimir Putin, confirmou que a Força Aeroespacial russa usou dados fornecidos pelo Exército Livre da Síria para combater o grupo terrorista Estado Islâmico.

A Federação da Rússia está pronta para considerar todas as informações verídicas sobre a localização territorial de grupos armados no solo sírio, disse Putin.

Mesmo representantes dos EUA são considerados como uma fonte aceitável. Porém, o presidente russo reiterou que as ações de Washington na Síria não são legítimas.

"No entanto, a Federação da Rússia está pronta para considerar nas nossas ações todas as informações verídicas sobre a localização territorial dos grupos terroristas. Nós até temos uma experiência de cooperação com o Exército Livre da Síria. A aviação russa assestou vários golpes contra os alvos indicados por este organismo. Com isso, nós excluímos [da lista dos alvos] as zonas marcadas pelos comandantes do Exército Livre da Síria como pertencentes à jurisdição deles", disse Putin em uma entrevista à agência de notícias turca Anadolu.

Comentando a cooperação com a coalizão ocidental liderada pelos EUA, o presidente russo destacou que a Rússia esperava uma maior reciprocidade na coordenação com a coalizão, mas a reação dos parceiros foi "extremamente moderada".

"Porém, parece que o Estado Islâmico e grupos extremistas daquela índole são um perigo indudavelmente comum aos nossos países", frisou Putin.

"Além disso, nós não recebemos nenhuma resposta à nossa proposta de entregar à Rússia, para planejar operações da Força Aeroespacial na Síria, dados de inteligência norte-americana, apesar de termos repetidamente perguntado os EUA solicitando tais informações", disse o presidente russo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала