Após atentado em Beirute, Rússia convoca frente única contra o EI no Oriente Médio

© AP Photo / Dmitry LovetskyVista do edifício do Ministério das Relações Exteriores russo em Moscou, Rússia
Vista do edifício do Ministério das Relações Exteriores russo em Moscou, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na sequência do atentado em Beirute, a Rússia exortou hoje (13) todas as forças no Oriente Médio a se unirem em um único poder para derrotar o grupo jihadista Estado Islâmico.

"Mais uma vez, incentivamos todas as forças dentro e além do Oriente Médio interessadas em eliminar o Estado Islâmico e outras organizações criminosas semelhantes a unirem-se em uma única frente (…) para derrotar os terroristas assim que possível e restaurar a estabilidade no Oriente Médio", diz o comunicado da chancelaria russa nesta sexta-feira.

Comboio de ambulâncias da Cruz Vermelha no Líbano - Sputnik Brasil
Ataques a bomba deixam dezenas de mortos e feridos em Beirute
Na quinta-feira (12), dois atentados suicidas reivindicados posteriormente pelo Estado Islâmico mataram pelo menos 43 pessoas na capital do Líbano.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia pediu que os autores do ataque terrorista sejam rapidamente levados à justiça. No começo do dia, o presidente russo Vladimir Putin enviou um telegrama de condolências a Nabih Berri, presidente do Parlamento libanês, afirmando que Moscou estava preparada para cooperar estreitamente com as autoridades libanesas na luta contra o terrorismo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала