Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mundo ganhará 3 milhões de chinesinhos por ano com o fim da política do filho único

© REUTERS / Kim Kyung-HoonUma mulher com o seu bebê está a espera da exibição de helicópteros e aviões durante a parada militar em homenagem aos 70 anos da vitória na Segunda Guerra Mundial, Pequim, China, 3 de setembro de 2015
Uma mulher com o seu bebê está a espera da exibição de helicópteros e aviões durante a parada militar em homenagem aos 70 anos da vitória na Segunda Guerra Mundial, Pequim, China, 3 de setembro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Mais de 3 milhões de bebês deverão nascer na China por ano com o fim da política do filho único. A estimativa foi revelada nesta terça-feira (10) pelo vice-ministro da Comissão Nacional da Saúde e Planejamento Familiar chinês, Wang Peina.

Mães chinesas levam seus filhos para passear. - Sputnik Brasil
Para movimentar a economia, China permitirá segundo filho para todas as famílias
Ele explicou que atualmente há mais de 90 milhões de mulheres no país autorizadas a ter um segundo filho. No entanto, metade tem entre 40 e 49 anos, o que reduz significativamente as chances de uma nova gravidez, seja por incapacidade física ou por falta de desejo.

Wang Peina afirmou que o fim do limite poderá representar 30 milhões de indivíduos a mais na população até 2050. A medida, que tem por objetivo estimular a economia em vista do envelhecimento dos habitantes do país, deve resultar em um aumento de 0,5% no crescimento econômico.

“A política de dois filhos por casal, a curto prazo, guiará o consumo de habitação, educação, saúde, economia doméstica e as necessidades do dia adia, estimulará investimentos em setores relacionados e aumentará a oferta de emprego”, acredita Wang.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала