Semana de Filmes Russos: desafios da montagem com cenas de guerra no filme “Número 1”

© Imagem de divulgaçãoCena do filme "Unidade 1"
Cena do filme Unidade 1 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Realizada com grande sucesso pela primeira vez no Brasil em 2013, a Semana de Filmes Russos volta ao país em novembro para trazer ao público brasileiro o que há de mais recente no cinema russo. Os espectadores terão a oportunidade de assistir a filmes produzidos entre 2014 e 2015, premiados em festivais de cinema russos e internacionais.

Cena do filme Meu Querido Hans - Sputnik Brasil
Semana de Filmes Russos: inusitada amizade entre russo e alemão na Segunda Guerra Mundial
O filme “Número 1”, que foi produzido com o apoio do Ministério da Cultura da Rússia no âmbito das comemorações dos 70 anos do Dia da Vitória, aborda a temática patriótica da União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial. 

No longa-metragem, quando as forças soviéticas continuam sua ofensiva no leste da Polônia, em agosto de 1944, a divisão do tenente Yegorov tem a missão proteger a ponte através da qual se planeja a travessia do Exército Soviético. Chegando na posição, os soldados descobrem um mosteiro em ruínas, e se deparam com um grupo de órfãos surdos com a professora Eva.

O diretor de edição do filme, Serguey Fedotov, conta como foi o desafio de trabalhar com cenas de batalha, destacando os prós e contras da montagem no processo de filmagem.

Segundo ele, o gênero militar combina a especificidade da edição de drama e ação. “Se falamos sobre a montagem de cenas de batalha, no filme ‘Número 1’ a dificuldade se deu muito por conta do número de personagens principais e da geografia das filmagens. Na história, os fatos se passam na Polônia, nas margens de um rio, ao lado do mosteiro. A parte da filmagem no rio aconteceu na Rússia, na região de Kaluga, e a parte do mosteiro foi filmada em um castelo histórico na Polônia”, disse Fedotov.

O jovem Anton Tchekhov, em cena do filme Irmãos Tchekhov - Sputnik Brasil
Semana de Filmes Russos traz juventude do escritor Anton Tchekhov às telas do Rio
O diretor de edição destaca que algumas cenas de batalha ocorrem ao mesmo tempo no mosteiro e na posição do rio, alguns dos personagens estão no mosteiro e alguns estão no rio. “Precisávamos de uma montagem muito dinâmica seguindo uma ordem, para não esquecer de nenhum protagonista do filme, para criar a impressão de que tudo isso não ocorre em diferentes países, mas em um raio de uma centena de metros, para manter a tensão contínua e ao mesmo tempo não transformar tudo em um tiroteio sem sentido”. 

A Semana de Filmes Russos, que acontecerá no Espaço Itaú de Cinema, em Botafogo, no Rio de Janeiro, entre os dias 12 e 17 de novembro, também exibirá produções de curta metragens. Em breve, a programação completa será divulgada ao público, bem como os horários das sessões.

A Segunda Semana de Filmes Russos é patrocinada pelo Ministério da Cultura da Federação Russa, Fundação “Notícia Boa”, Mir Mídia & Consultoria Internacional, Agência de Notícias e Rádio Sputnik e Espaço Itaú de Cinema.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала