Kremlin: Moscou espera decisão da União Europeia sobre sanções antirrussas

© Sputnik / Vladimir Vyatkin / Abrir o banco de imagensKremlin de Moscou - Estrela da Torre Spasskaya
Kremlin de Moscou - Estrela da Torre Spasskaya - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov, disse nesta segunda-feira (9) que Moscou está aguardando a decisão de Bruxelas sobre o prolongamento das sanções contra a Rússia.

"Estamos esperando nossos parceiros tomarem uma decisão; isso depende completamente de Bruxelas", disse Peskov em entrevista coletiva.

Bandeiras da Rússia e UE - Sputnik Brasil
Rússia e União Europeia: parceiras ou inimigas?
O atual regime de sanções econômicas introduzido pela União Europeia sob a alegação não comprovada de que a Rússia estaria apoiando a rebelião no leste da Ucrânia contra as autoridades de Kiev (que, aliás, subiram ao poder após um golpe de Estado apoiado pelo Ocidente, em fevereiro de 2014) expira em 31 de janeiro de 2016.

Os Estados-membros da UE concordaram entre si em manter as medidas restritivas contra Moscou até a plena implementação do acordo de Minsk, que, assinado em fevereiro, estabelece o final do ano como prazo para a resolução da crise ucraniana.

Cidade de inovação Skolkovo - Sputnik Brasil
Sanções não afetam inovações russas
Na quarta-feira (4), o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, disse que Moscou não estava respeitando plenamente os termos do acordo e afirmou que Bruxelas iria considerar essas alegações ao decidir sobre a possibilidade de prolongar as sanções antirrussas.

O Kremlin continua negando firmemente todas as acusações ocidentais e, apesar das sanções econômicas, permanece atuando como mediador nas negociações para a reconciliação na Ucrânia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала