Caça russo foi obrigado a violar espaço aéreo turco

© Sputnik / Dmitry Vinogradov / Abrir o banco de imagensФронтовой бомбардировщик Су-24 Воздушно-космических сил РФ над авиабазой "Хмеймим"
Фронтовой бомбардировщик Су-24 Воздушно-космических сил РФ над авиабазой Хмеймим - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um caça das Forças Aeroespaciais da Rússia se viu obrigado a violar o espaço aéreo da Turquia ao realizar uma manobra antimíssil, declarou o comandante Viktor Bondarev.

MiG-29K - Sputnik Brasil
Primeiros testes: confira o novíssimo caça russo MiG-29K em ação!
"Nosso avião realizava uma missão de combate no norte da Síria, em condições de nebulosidade densa. Quando voava ao longo da fronteira com a Turquia, os equipamentos indicaram que certos sistemas antiaéreos terrestres tentavam interceptar a aeronave", explicou o chefe militar ao jornal Komsomolskaya Pravda sobre o incidente ocorrido em outubro.

Bondarev explicou que "por isso, o piloto, em uma fração de segundos, se viu obrigado a realizar uma manobra antimíssil" e penetrou brevemente no espaço aéreo turco.

O Ministério da Defesa da Rússia informou anteriormente que no dia 3 de outubro um caça Su-30 russo entrou durante vários segundos no espaço aéreo turco por causa de condições meteorológicas adversas.

O incidente não provocará tensões entre os dois países, declarou o primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu. Moscou assegurou a Ancara que o incidente aconteceu por causa de uma falha e que não se repetirá, ressaltou o primeiro-ministro.

O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, afirmou que a Rússia deu longas explicações sobre o caso.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала