Estado Islâmico insiste que derrubou avião russo no Sinai

© Foto / Emercom of Russia Local da queda da aeronave russa Airbus A321 no Egito
Local da queda da aeronave russa Airbus A321 no Egito - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Estado Islâmico voltou a dizer nesta quarta-feira (4) que derrubou o Airbus A321, da companhia russa Kogolymavia, no sábado (31), no Sinai. O grupo jihadista divulgou um audio na internet dizendo que quando desejar divulgará detalhes sobre a ação terrorista.

“Não temos obrigação de explicar. Levem os destroços e procurem, levem as caixa preta e as analisem. Depois, digam-nos o resultado”, diz um militante.

Socorristas no local da queda do avião russo, no Egito - Sputnik Brasil
Kremlin descarta qualquer relação entre operação na Síria e acidente do avião no Egito
A voz destaca que o desastre aconteceu no 17º dia do mês Muharram do calendário lunar islâmico, o primeiro aniversário da declaração de lealdade do Província do Sinai, grupo dos jihadistas egípcios, ao Estado Islâmico. Logo após a queda do avião, o braço egípcio dos extremistas já havia reivindicado a autoria do que seria um atentado.

A Rússia está agindo com cautela sobre o fato. Na terça-feira (3), o porta-voz da Presidência russa, Dmitri Peskov, pediu para que não haja especulações sobre o desastre. Ele disse que não é necessário vincular a queda do avião às operações aéreas do país na Síria contra o Estado Islâmico.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала