Ex-presidente sobre relações com Rússia: 'Somos vizinhos, somos a Europa'

© AFP 2022 / JACK GUEZ  / Abrir o banco de imagensNicolas Sarkozy
Nicolas Sarkozy - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy sugeriu usar a crise nas relações entre UE e Rússia para intensificar a cooperação mútua de longo prazo.

Afirmou isso nesta quinta-feira (29) no âmbito da sua visita a Moscou. A visita do político francês começou na tarde da quarta-feira; hoje ele deve se reunir com o presidente russo, Vladimir Putin.

"Acredito que deve acontecer uma renovação dos laços entre a Rússia e a Europa ", disse, sublinhando que “novas regras” baseadas no respeito mútuo devem gerir estes laços.

Cidade de inovação Skolkovo - Sputnik Brasil
Sanções não afetam inovações russas
As declarações foram feitas por Sarkozy no âmbito do seu discurso aos estudantes da Universidade MGIMO em Moscou. Ele notou que a crise atual é o momento certo para mudar significativamente as relações e não as tornar numa competição, mas em cooperação:

"A União Europeia é o maior parceiro comercial da Rússia e é por isso que é estúpido escolher entre Ásia e Europa", sublinhou.

No seu discurso o politico também se lembrou da posição dos EUA na questão e notou:

"Acredito que os Estados Unidos têm a atitude diferente à situação, mas nós somos vizinhos, somos a Europa".

As relações russo-europeias deterioraram em 2014 quando Bruxelas e Washington introduziram sanções econômicas contra a Rússia, alegando o envolvimento de Moscou na crise ucraniana. As autoridades russas têm repetidas vezes declarado que a Rússia nada tem a ver com os acontecimentos no seu país vizinho e responderam com um embargo comercial.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала