Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Oposição sérvia quer aplicar cenário da Crimeia ao Kosovo

Nos siga no
A reunificação da Rússia com a Crimeia dá esperança de que Kosovo também se venha a reunificar com a Sérvia, disse a líder do Partido Democrático da Sérvia.

Um homem passa perto da cartaz com inscrições Rússia e Sérvia, 17 de outubro de 2014 - Sputnik Brasil
‘Ultimato' europeu é ‘suicídio' para Sérvia?
Uma delegação de políticos sérvios do Bloco Patriótico (integrado pelo Partido Democrático da Sérvia e o movimento patriótico Dveri), que está em visita à Crimeia, apoia a escolha dos habitantes da península a favor da reunificação com a Rússia e insiste na realização de um referendo sobre o status da Sérvia na UE.

“Já no ano passado nós – o núcleo do Bloco Patriótico – dissemos que o Kosovo é da Sérvia e a Crimeia é da Rússia. Apoiámos de todo o coração o referendo na Crimeia e também queremos organizar um referendo na Sérvia para que os cidadãos sérvios tomem a decisão de não aderir à UE, sendo isso o único modo de reaver o Kosovo”, disse Sanda Rašković Ivić, líder do Partido Democrático da Sérvia.

Ela notou que, tal como a Cristianização da Rússia começou na Crimeia, também a Cristianização da Sérvia começou no Kosovo. 

“A nossa visita tem um significado duplo: apoiar o povo russo e os cidadãos da Crimeia pela sua reunificação com a pátria histórica – a Rússia. A sua reunificação nos dá uma grande esperança de que um dia o Kosovo, o berço na nossa história sérvia, venha a ser devolvido à república da Sérvia”, afirmou a chefe do partido.

O Partido Democrático da Sérvia esteve representado durante muitos anos no parlamento do país, mas não o conseguiu fazer em 2014 e se tornou oposição. 

No entanto, parece que a vice-primeira-ministra sérvia Zorana Mihajlovic não aprova a ideia do referendo. Em entrevista exclusiva à Sputnik ela disse que o objetivo estratégico do país é a União Europeia. Ao mesmo tempo, isso não significa que “a Sérvia não vai trabalhar com a Rússia”.

A vice-premiê agradeceu a Rússia pela política de princípios em relação ao Kosovo. 

De acordo com a vice-premiê, o problema de Kosovo também será discutido durante o encontro entre o primeiro-ministro sérvio Aleksandar Vucic e o presidente russo Vladimir Putin. 

F-117 visto perto de Kosovo em 4 de abril de 1999 - Sputnik Brasil
‘OTAN para nós não é amigo, mas sim uma organização que tem nosso sangue nas mãos’
Além disso, será discutida a questão do fornecimento de gás à Sérvia. 

Segundo disse Zorana Mihajlovic, embora a Sérvia esteja preocupada com os fornecimentos através da Ucrânia e o futuro nebuloso do gasoduto Corrente Turca, o país planeja cooperar com a Rússia neste campo:

“É absolutamente claro que no passado usámos o gás russo, o usamos agora e vamos usar no futuro”, disse.

A Sérvia tem o estatuto da candidata à adesão à União Europeia desde 2012. Negociações sobre este processo estão em curso. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала