Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Letônia não quer informação russa no seu território

© Sputnik / Ramil Sitdikov / Abrir o banco de imagensAgência de notícias Rossiya Segodnya
Agência de notícias Rossiya Segodnya - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Letônia não permitiu registrar a Agência Internacional de Informações Rossiya Segodnya e negou a queixa da agência.

As autoridades da Letônia alegam que as informações divulgadas pela agência noticiosa russa não correspondem à posição oficial letã e contraditam a legislação do país.

A chefe do serviço notarial do Registro de Empresas da Letônia, Guna Paidere, decidiu não revogar a decisão tomada em 27 de agosto de negar o registo da agência noticiosa russa na Letônia. A informação respetiva, antes de ser publicada no site da entidade letã, foi divulgada na noite da quinta-feira (22) pela representante do Registo de empresas Evija Ivdra:

"A recusa de registrar continua em conexão com o fato que o conteúdo da mídia contradita a Constituição da Letônia e a posição oficial do país".

A editora-chefe da agência Margarita Simonyan comentou a situação e disse:

“O país precisa de locais de trabalho, mas eles são sucessivamente substituídas por fobias.”

Em 25 de setembro Guna Paidere recebeu o pedido de revogar a decisão sobre a Rossiya Segodnya e a decisão foi divilgada na noite de 22 de outubro. 

O Registo de Empresas da Letônia recebeu o pedido oficial sobre o registro da Rossiya Segodnya em 29 de abril de 2015. O pedido foi rejeitado nos finais de agosto e a agência russa tinha o prazo de tempo até 4 de outubro para recorrer da rejeição, o que fez.

Porta-voz da chancelaria russa, Maria Zakharova - Sputnik Brasil
Moscou: Relatos sobre russos mortos na Síria são parte da guerra informacional
Segundo declarou o vice-chefe do editor-chefe da Rossiya Segodnya, Sergei Kochetkov, a agência recorreria às instituições jurídicas europeias se o Tribunal da Letônia decretasse que a decisão dos agências de execução da lei continuasse em vigor.

Mais cedo, o diretor-geral da agência internacional Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, declarou que avalia a motivação da decisão da parte letã como um absurdo; disse ainda que é parecida com a censura direta.

A Agência Internacional de Informações Rossiya Segodnya foi criada por decreto do presidente russo, Vladimir Putin, em 9 de dezembro de 2013 com base na agência noticiosa russa RIA Novosti e a emissora de rádio Golos Rossii (Voz da Rússia).

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала