Rússia diz que grupos terroristas na Síria continuam recebendo apoio estrangeiro

© AP Photo / albaraka_news, FileMilitantes do Estado Islâmico
Militantes do Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, declarou que grupos terroristas na Síria continuam recebendo apoio de países estrangeiros, o que dificulta o combate a esse grupos.

Bombardeiro Su-24 decola a partir de aeródromo de Khmeimim na Síria - Sputnik Brasil
Síria: Em 15 dias, Rússia fez mais contra o Estado Islâmico do que os EUA em um ano
“Nós temos informações de que grupos terroristas continuam recebendo apoio estrangeiro na Síria. É claro que sem esse apoio a vitória sobre os terroristas teria sido alcançada muito mais rapidamente”, disse Zakharova. 

No início de outubro, os Estados Unidos anunciaram que iriam rever suas ações de apoio aos rebeldes sírios que combatem o Estado Islâmico, dizendo que irão fornecer armas e equipamentos para líderes rebeldes aprovados, aumentando, assim, a ajuda norte-americana a esses grupos. 

Desde 30 de setembro, a pedido do presidente sírio, Bashar Assad, a Rússia realiza ataques aéreos contra posições do Estado Islâmico na Síria. Durante este período, as forças aeroespaciais lançaram quase 690 ataques, matando centenas de militantes, destruindo dezenas de centros de controle, armazéns e outras instalações terroristas. Além disso, 26 mísseis de cruzeiro foram disparados de navios da Frota do Mar Cáspio, atingindo alvos terroristas na Síria, segundo dados apresentados pelo Ministério da Defesa russo.

A coalizão internacional liderada pelos EUA realiza ataques contra o Estado Islâmico desde setembro de 2014. 


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала