Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Poroshenko censura na TV ucraniana as imagens de seu aperto de mão com Putin

© AFP 2021 / POOL / ALEXANDER ZEMLIANICHENKOPresidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, e presidente da Rússia, Vladimir Putin
Presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, e presidente da Rússia, Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, ordenou sua administração a esconder da mídia as filmagens de seu encontro com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nas quais os dois chefes de Estado aparecem apertando mãos. A acusação foi feita por Viktor Zubritsky, um ex-produtor do canal ucraniano 112 Ukraina.

De acordo com Zubritsky, a emissora recebeu uma série de telefonemas da administração do presidente proibindo a exibição na TV das imagens do aperto de mão entre Poroshenko e Putin.

"Poroshenko apertou a mão de Putin, mas pediu que os ucranianos não soubessem. E, muito estranhamente, nenhum canal de TV ucraniano reparou no aperto de mão", disse o ex-produtor.

O Darth Vader ucraniano, também conhecido como Darth Vader Alekseevich - Sputnik Brasil
Poroshenko pode designar Darth Vader como premiê ucraniano
Apesar das advertências, o 112 Ukraina exibiu a cena. Pouco depois, recebeu documentos judiciais anunciando a autorização de uma busca nos escritórios do canal televisivo. Segundo Zubritsky, um tribunal também emitiu um mandado para a apreensão de todos os computadores, arquivos de mídia, portas USB etc. Em outras palavras, segundo o ex-produtor, o tribunal decidiu encerrar a operação do canal.

Esta não é a primeira vez que o 112 Ukraina sofre pressão do governo ucraniano. Desde abril de 2015, de acordo com Zubritsky, Poroshenko e seus seguidores têm ameaçado abrir uma investigação criminal contra os jornalistas do canal e cancelar a licença digital da emissora.

Em relação ao aperto de mão, o fato aconteceu no início de outubro, quando os líderes da Rússia, da Ucrânia, da Alemanha e da França se reuniram em Paris para discutir a implementação dos acordos de paz de Minsk, referentes à resolução do conflito ucraniano.

Denis Pushilin, o representante da autoproclamada República Popular de Donetsk - Sputnik Brasil
Donetsk e Lugansk adiam eleições para facilitar implementação do Acordo de Minsk
Em abril do ano passado, Kiev iniciou uma operação militar no leste do país a fim de sufocar os movimentos independentistas da região de Donbass, cujos habitantes se recusaram a reconhecer a legitimidade do governo que subiu ao poder após um golpe de Estado apoiado pelo Ocidente. Os EUA e seus aliados acusaram a Rússia de envolvimento no conflito interno da Ucrânia e impuseram sanções econômicas contra Moscou, apesar das constantes negações do governo russo e da falta de provas concretas para embasar a acusação.  

Além da TV ucraniana, o presidente francês, François Hollande, também gravou um pequeno vídeo dos líderes da Rússia e da Ucrânia apertando as mãos durante as negociações em Paris. A filmagem foi publicada em sua conta no Instagram e rapidamente viralizaram na rede. Infelizmente para Poroshenko, a Internet é mais difícil de censurar.

Nous discutons actuellement avec Angela Merkel, Vladimir Poutine et Petro Porochenko de la situation en Ukraine

Um vídeo publicado por François Hollande (@fhollande) em Out 2, 2015 às 7:17 PDT

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала