Porta-aviões da Rússia não será usado no combate ao Estado Islâmico na Síria

© AP Photo / FilePorta-aviões da Marinha da Rússia, cruzador de mísseis pesado, Almirante da Frota da União Soviética Kuznetsov, no Mar de Barents, na Rússia.
Porta-aviões da Marinha da Rússia, cruzador de mísseis pesado, Almirante da Frota da União Soviética Kuznetsov, no Mar de Barents, na Rússia. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O porta-voz da Frota do Norte da Rússia, capitão Vadim Serga, anunciou nesta quarta-feira (14) que o porta-aviões russo Admiral Kuznetsov não será levado para junto da costa da Síria. A embarcação seguirá para uma missão no Mar de Barents.

Soldados sírios - Sputnik Brasil
Exército sírio matou uma centena de militantes do Estado Islâmico em Deir ez-Zor
A declaração é contrária aos relatos da mídia ocidental que afirmavam que o porta-aviões, carro-chefe da Marinha da Rússia, estava a caminho da costa da Síria para ajudar na campanha aérea russa contra os militantes do Estado Islâmico.

O oficial afirmou que o Admiral Kuznetsov não tem missões de longo prazo ou outras atribuições militares determinadas para o futuro próximo. Segundo Verga, o porta-aviões irá para o Mar de Barents para executar tarefas de treinamento de combate planejadas anteriormente e apoiar um regimento da aviação naval da Frota do Norte.

Atualmente, o porta-aviões encontra-se atracado em seu porto de origem, em Murmansk, no noroeste da Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала