‘Ocupados’ pela Rússia batem recordes

© Foto / Screenshot/YouTube/tv2underholdningCena da telenovela "Okkupert" ("Ocupados")
Cena da telenovela Okkupert (Ocupados) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No fim da semana passada, o canal televisivo norueguês TV2 começou a transmitir uma telenovela de caráter russófobo “Okkupert” (“Ocupados”).

Segundo o enredo, no futuro próximo na Noruega os “verdes” radicais chegam ao poder no país para a extração do petróleo e gás no mar do Norte, o que ameaça levar à crise energética na Europa. Os líderes europeus estão preocupados, não querem desistir dos hidrocarbonetos noruegueses. Em resultado de confrontação a Rússia invade as jazidas no território da Noruega sob a autorização da UE.

Okkupert - Sputnik Brasil
Rússia invade Noruega em um mês
A telenovela já bateu alguns recordes. Tornou-se a telenovela mais cara na história da televisão norueguesa, a sua produção custou quase 11 milhões de dólares.

Além disso, “Ocupados” demonstrou o melhor início entre todas as telenovelas dramáticas que foram transmitidas na televisão norueguesa. O primeiro episódio conseguiu recolher um auditório sem precedentes de 633 milhares de pessoas (13% da população) que é muito para o país tão pequeno como a Noruega.

Um ator russo residente da Noruega, que desempenhou o papel episódico do bandido russo na telenovela, Yevgeny Diakonov, deu entrevista à Sputnik.

Comentando o seu papel, disse, “Não pode ser de modo diferente! Se falamos dum homem russo, é, com certeza, um bandido, e se duma mulher russa, é prostituta! Estereótipos são assim…”, explica o ator.

Na opinião de Diakonov, a russofobia na Noruega não somente é principal caraterística da maioria dos políticos mas também um passe para o mundo de política e uma garantia de sucesso.

Os primeiros episódios eram populares entre as pessoas jovens e de idade média, 53% dos noruegueses de 20 a 49 anos de idade viram a telenovela.

Yevgeny Diakonov confirma estas informações. Segundo ele, a geração mais velha é decepcionada com a telenovela mas os jovens têm outra atitude. 

“Os jovens têm prazer [em telenovela] porque desde os seus anos de escola são fomentadas com o mito da Rússia assustadora. Depois dos desenvolvimentos na Ucrânia [o tema da] ameaça russa é muito atual“, afirma Diakonov.

Os direitos de transmitir a telenovela compraram mais seis países europeus incluindo a Suécia, Dinamarca, Finlândia, Bélgica, Holanda e o Luxemburgo. Isso significa que os ânimos russófobos que já existem nestes países desenvolverão mais principalmente entre os jovens que são mais receptivos a que mostram na televisão.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала