Rússia: imprensa estrangeira manipula fatos sobre ataques aéreos na Síria

© Sputnik / Anton Denisov / Abrir o banco de imagensBriefing by official spokesman for Foreign Ministry Maria Zakharova
Briefing by official spokesman for Foreign Ministry Maria Zakharova - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Alguns veículos de imprensa estrangeiros manipulam informações sobre as ações da Rússia na Síria ao publicarem notícias sobre supostas mortes de civis causadas pelos ataques da Forças Aeroespaciais russas, declarou nesta segunda-feira a porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

Caça Su-34 - Sputnik Brasil
Rússia ataca Q.G. do Estado Islâmico em Aleppo, destrói posto de comando e 20 tanques
Caças russos Sukhoi Su-25, Su-24M e Su-34 começaram ataques aéreos precisos contra posições do Estado Islâmico na Síria no dia 30 de setembro, após um pedido do presidente sírio, Bashar Assad.

"Manipulação de informação em relação a civis, especialmente crianças, começou nos primeiros minutos (das operações militares russas na Síria)", afirmou Zakharova.

De acordo com a porta-voz, para alguns países que não compartilham o otimismo russo  em seu sucesso na luta contra o terrorismo na Síria, a "percepção é mais importante do que a realidade."

Krasukha-4 - Sputnik Brasil
Rússia prepara-se para cortar comunicações dos jihadistas
Desde o início da campanha, o Ministério da Defesa da Rússia ressalta que todas aeronaves russas possuem equipamentos que permitem aos pilotos realizar missões com "precisão absoluta" contra o Estado Islâmico na Síria, evitando mortes de civis.

Na última semana, o embaixador da Síria para a Rússia, Riad Haddad, confirmou que ataques do exército sírio, apoiados pela Força Aérea Russa, foram executados contra organizações terroristas e não contra grupos de oposição política ou civis.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала